Especial Game Of Thrones: Personagens: Robert Baratheon

26.3.13

King Robert Baratheon.jpg
Robert Baratheon, o chefe da Casa Baratheon, foi coroado Rei dos Sete Reinos após vencer a Guerra do Usurpador. Ele lutou a guerra para manter a mão de Lyanna Stark, com a ajuda de seu irmão, seu amigo Eddard Stark. Devido a morte de Lyanna, Robert se casou com Cersei Lannister para garantir a estabilidade política. Ele é Rei dos Sete Reinos no início dos livros.

Aparência e personalidade

Um homem grande, embora não particularmente inteligente, Robert foi um guerreiro renomado. Na sua juventude, ele foi descrito como alto, de ombros largos e musculoso como a fantasia de qualquer donzela. Ele mantinha a barba bem cortada. No entanto, depois de ganhar a coroa, seu peso aumentou muito por causa todas as festa e da bebida excessiva, acabando por ganhar cinquenta quilos e deixou crescer a barba para esconder os seus múltiplos queixos. Algumas das suas canções favoritas eram Um Barril de CervejaCinquenta e Quatro Tonéis.  Ele era conhecido pelo seu charme, personalidade extrovertida, sociável, e a notável capacidade de transformar inimigos em amigos. De acordo com Eddard Stark, Robert era capaz de prometer qualquer coisa a uma mulher durante a noite e esquecer-se de tudo (incluindo ela mesma) de manhã. 

História

Início de Vida

Robert foi o primeiro filho de Senhora Cassana Estermont e Lorde Steffon Baratheon, Senhor da Casa Baratheon e Senhor Supremo das Terras da Tempestade. Ele nasceu e foi criado na sede da família Baratheon, em Ponta Tempestade. Ele era um ano mais velho do que Stannis, seu irmão. Muitos anos depois, um irmão terceiro Baratheon nasceu, com o nome Renly.
Quando eles ainda eram jovens, Robert e Stannis viram como seus pais morreram em um naufrágio à vista de Ponta Tempestade, tornando Robert o Senhor de Ponta Tempestade. Lorde Robert foi com Lorde Jon Arryn para o Ninho de Águia no Vale de Arryn, juntamente com Eddard Stark. Eles logo se tornaram amigos e Jon Arryn, que não teve filhos, veio a tratá-los como sua própria família.
Robert se apaixonou pela irmã de Eddard, Lyanna, que foi prometida a ele por seu pai, Lorde Rickard Stark. Na época Robert já tinha uma menina bastarda, o que levou a Lyanna a comentar que Robert nunca manteria apenas uma cama. Algum tempo depois deste evento, Lyanna aparentemente foi sequestrado e levado pelo príncipe Rhaegar Targaryen. O sequestro colocou em movimento uma cadeia de eventos que levam a Rebelião de Robert.

Rebelião de Robert

As notícias do sequestro levou o irmão mais velho de Lyanna, Brandon e mais tarde seu pai Ricard, até Porto Real exigindo justiça, e ambos foram executados pelo louco rei Aerys II, que exigiu que Jon Arryn entregasse Robert e Eddard. Em vez disso, Lorde Jon levantou uma rebelião, com Eddard (agora Senhor de Winterfell) e Robert reunindo o Norte e as Terras da Tempestade, respectivamente.  Robert, cuja descendência deu-lhe a melhorar proposta para reivindicar o trono dos três senhores, logo se tornou o líder da revolta, que ficou conhecida como Rebelião de Robert. Na Batalha de Vila Gaivota, Robert matou Lorde Randyll Grafton.
Robert começou a runir seus vassalos em Ponta Tempestade, mas ele estava separado de seus aliados do Norte. Além disso, alguns de seus vassalos decidiram permanecer leais ao trono, e começaram a reunir sua força emSolarestival.  Robert soube deste plano e derrotou todos eles, vencendo três batalhas em um único dia. Durante a tentativa de vincular-se com as forças do Norte, Robert sofreu uma derrota na Batalha de Vaufreixo e mais tarde foi preso na cidade de Septo de Pedra onde ele se escondeu em um bordel e deitou-se com quase todas as putas enquanto escondido lá.  Um exército Targaryen, eventualmente, liderado por Lorde Jon Connington chegou e começou a procurar por Robert na cidade, Robert foi salvo quando uma força rebelde do Norte se juntou a ele, e a Batalha dos Sinos começou.  Ele liderou as forças combinadas de Baratheon, StarkArrynTully e para a vitória sobre as forças reais lideradas por Rhaegar na Batalha do Tridente, e pessoalmente matou o príncipe herdeiro, garantindo uma vitória. 
Embora tenha vencido a rebelião e matado Rhaegar, o ódio de Robert por seu inimigo morto não tinha diminuído quando Tywin Lannister apresentou a Robert os corpos mutilados da esposa de Rhaegar e seus dois filhos, Robert estava realmente satisfeito que eles estavam mortos. Eddard Stark, por outro lado ficou indignado e revoltado com o ato, chamando-o de assassinato, e dizendo que o jovem príncipe e princesa não eram mais do que bebês. A resposta insensível de Robert foi:

"Eu não vejo bebês, apenas crias de dragão"

Até Jon Arryn não poderia esfriar a raiva e a discussão que se seguiu entre Robert e Eddard sobre isso. Eddard deixou a Fortaleza Vermelha em uma raiva para salvar Ponta Tempestade, Stannis onde estava sob cerco. Foi preciso a morte de Lyanna e seus sofrimentos compartilhados para reunir a dupla em amizade.  Robert depois foi perseguido por sua memória e do desejo de vingança ainda mais contra o morto Rhaegar.

Reinado

A reivindicação de Robert para o Trono de Ferro dos Sete Reinos foi baseada em sua avó sendo Rhaelle Targaryen, filha do Rei Aegon V, dando-lhe assim uma reivindicação muito mais forte para o trono do que os Arryn, Tully ou Stark. Com a queda de Porto Real, Aerys, Rhaegar, e seus herdeiros mortos ou no exílio, os senhores dos Sete Reinos juraram lealdade a Robert e aceitou-o como rei. Ele perdoou muitos de seus antigos inimigos e ganhou alguns como aliados. Dorne no entanto, nunca esqueceu ou perdoou o fato de que Robert perdoou os crimes de sangue frio contra Elia Martell e seus filhos Rhaenys e Aegon. Lorde Jon Arryn conseguiu negociar uma trégua com Dorne e uma aceitação relutante do reinado de Robert. Robert nomeou Jon Arryn como a Mão do Rei. Jon Arryn, juntamente com Stannis, irmão de Robert, governaram os Sete Reinos juntos enquanto Robert comia, bebia, caçava, e fazia sexo.
Robert começou seu reinado casando-se com Cersei Lannister em um casamento político destinado a trazer estabilidade para o reino. O casamento não foi feliz. Durante sua noite de casamento, Robert, enquanto estava bêbado, acidentalmente sussurrou, "Lyanna," um ato que lhe valeu o ódio de sua nova esposa. A rainha secretamente o traiu com seu irmãoJaime, matando a semente de Robert e sua esperança de herdeiros. Cersei deu três filhos: JoffreyMyrcella e Tommen. Em sua infelicidade Robert ia beber, festejar e dormir com outras mulheres. Desta forma, ele teve vários filhos bastardos.
Seis anos depois de conquistar a coroa, Robert e Eddard uniram forças novamente para esmagar a Rebelião Greyjoy, que consolidou a posição de Robert sobre o Trono de Ferro. Posteriormente, Robert levou o reino à miséria com as despesas dos seus torneios e festas, apesar do fato de Aerys ter deixado os cofres do tesouro transbordando de ouro. Os gastos de Robert acabaram por deixar a coroa na dívida de mais de seis milhões de dragões dourados (empréstimos grandes dos Lannister, aos Tyrell e doBanco de Ferro de Bravos). Devido ao fato de dormir com muitas mulheres, Robert também gerou muitos bastardos. De acordo com Donal Noye, ele mudou ao tornar-se um rei, mas não para melhor. [9] Robert Baratheon também aprendeu a fechar os olhos para qualquer coisa que ele não queria ver, um fato que foi melhor comprovado quando ele foi apresentado com os corpos das crianças de Rhaegar.
Mark Addy representando Robert Baratheon na série de TV

Eventos recentes

AvisoEste artigo ou seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Quando Jon Arryn morreu de repente, Robert viajou para Winterfell para encontrar a última pessoa em que ele realmente confiava, Eddard Stark, após uma longa separação. Robert pareceu a Eddard um homem quebrado, insalubre e infeliz.  Eddard relutantemente aceitou o cargo de Mão e foi para Porto Real. Ele, tal como Jon Arryn, fez muito do trabalho pois Robert raramente se incomodava em a assistir às reuniões do conselho. Robert confessou a Ned que ele sonhava em desistir da sua coroa e viajar para as Cidades Livres como um mercenário para que pudesse passar a vida em guerra e dormir com diferentes mulheres, acreditando que foi para isso que ele foi feito, apenas o pensamento de Joffrey sobre o Trono de Ferro com a sua mãe sussurrando ao seu ouvido impediu Robert de ceder à sua fantasia. 

Quando Robert convocou uma reunião para exigir a morte da grávida Daenerys Targaryen, Eddard recusou-se a ser uma parte desse actor e renunciou ao cargo de Mão em protesto. Após a lesão de Eddard numa emboscada liderada por Jaime Lannister, no entanto, Robert visitou o seu amigo e deu-lhe de volta o seu crachá do cargo, afirmando que se Ned recusasse a usá-lo, Robert daria-o a Jaime Lannister. Enquanto Robert estava fora numa das suas caçadas, Eddard descobriu que os filhos de Robert eram na verdade bastardos nascidos do incesto de Cersei com o seu irmão, o Regicida. 
Agindo primeiro, Cersei fez com que o escudeiro de Robert, o seu primo Lancel, desse a Robert um vinho muito forte, três vezes mais potente como o normal, que o levou a ficar muito bêbado. Quando o grupo de caça finalmente localizou um grande javali, Robert estava tão embriagado que não o conseguiu atingir e acabou por ser atacado pelo javali e mortalmente ferido. De acordo com Varys, se não fosse o javali, teria sido uma queda de um cavalo ou uma seta que se desviava, pois Cersei necessitava de Robert morto, antes que voltasse da sua caçada.
Quando Robert voltou gravemente ferido e à beira da morte, ele obrigou Eddard a fazer-lhe um testamento. Eddard, vendo em quanta dor Robert estava, não revelou o segredo da paternidade de Joffrey, não querendo acrescentar mais dor à morte do seu amigo. Em vez disso, ao escrever o testamento, Eddard substituiu "Meu filho Joffrey" ccom "o meu legítimo herdeiro ". Robert morreu um dia depois. A sua morte levou a uma luta pelo poder, que deu origem àGuerra dos Cinco Reis.

Bastardos Conhecidos

Embora se saiba que Robert Baratheon foi pai - de acordo com a profecia de Maggy, a Rã – de, pelo menos, dezesseis bastardos, apenas um foi reconhecido. Varys admite ter conhecimento de oito. Cinco foram vistos por personagens PDV, enquanto outros dois foram mencionados apenas de passagem. Por causa das palavras de Eddard no testamento de Robert, Cersei começa uma campanha para matar todos os bastardos de Robert, mas Tyrion para-a após uma terrível cena com a mãe de Barra que lutou para proteger o bebé. Eles estão listados em ordem da idade aproximada:
  • Mya Stone. A filha bastarda de Robert, nasceu enquanto ele estava no Vale sob a alçada de Jon Arryn. Ela serviu como um guia de e para o Ninho de Águia, e tornou-se a companhia favorita de Sansa Stark. Eddard Stark lembra-se que Robert gostava muito dela, embora, como a todos os seus filhos bastardos, ele mais tarde abandonou-a.
  • Bella. Uma filha bastarda não reconhecida, que viveu no bordel chamado "Pêssego" no Septo de Pedra. A mãe dela disse-lhe que ela foi concebida durante a Batalha dos Sinos quando o Robert ferido se escondeu lá.
  • Gendry. Um bastardo não reconhecido que nasceu de uma trabalhadora de uma cervejaria. Quando ele tinha idade suficiente, um senhor desconhecido paga-lhe a sua taxa de aprendiz para que ele pudesse aprender a ser um ferreiro. Gendry desenvolveu uma reputação de teimosia e moldou no capacete a cabeça de um touro, levando a que fosse chamado de “Touro”. Após a morte de Robert, Varys providenciou que o garoto a fugisse da cidade com Yoren da Patrulha da Noite. Gendry sabia que a rainha Cersei o queria morto, embora ele não sabia porquê. Ele viajou com Arya Stark até que a Irmandade Sem Bandeiras os capturou e ele entrou para a organização. A Irmandade depois colocou-o na Estalagem da Encruzilhada para ser ferreiro e cuidar de um grupo de órfãos lá. Quando Brienne o conhece, ela espanta-se com o quanto ele se parece com Renly Baratheon, chegando a tratá-lo como "Renly" e "meu senhor".
  • Edric Storm. O único filho bastardo de Robert que foi reconhecido, filho de Delena Florent. Ele viveu em Ponta Tempestade, sob a proteção de Cortnay Penrose, o castelão. Stannis cercou o castelo, com o objetivo de capturar Edric e usá-lo para provar as suas alegações do caso incestuoso de Cersei com o seu irmão. A feiticeira vermelha, Melisandre, pretendia usar o sangue de Edric para elevar os dragões de Pedra do Dragão. Davos Seaworth levou, às escondidas, Edric para longe de Pedra do Dragão, antes que ele pudesse ser sacrificado.
  • Dois gémeos não identificadosPetyr Baelish dá a indicação que Robert foi pai de gêmeos de uma mulher que servia no Rochedo Casterly que foram mortos pelos agentes da Rainha Cersei. 
  • Barra. A mais nova dos bastardos conhecidos de Robert, nascida de uma prostituta de Porto Real. Um bebé, ela foi morta por Allar Deem sob ordens de Cersei após a morte de Robert.

Citações de Robert

Juro-lhe, nunca me senti tão vivo como quando estava ganhando este trono, nem tão morto como agora que o possuo. 
Robert para Eddard Stark.

Citações sobre Robert

Diziam que Robert Baratheon era forte como um touro e destemido em batalha, um homem que não gostava de nada mais do que uma guerra. 
Daenerys Targaryen, sobre a reputação de Robert.
"Robert...Ele também aparece em meus sonhos. Rindo, Bebendo. Vangloriando-se. Eram as coisas que ele fazia melhor. Isso, e lutar. Nunca o venci em nada"
Stannis Baratheon, sugerindo a Melisandre que Robert deveria ter sido o campeão de R'hllor.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Oi Very, tudo bom?
    Tenho um sentimento bem dúbio pelo Robert, ao mesmo tempo que simpatizava com ele, principalmente no tempo de casado com a Cersei (o tempo do primeiro livro) mas também achei-o muito cruel na Rebelião.
    Mas homens com armas na mão sõa animais, já diria Jorah não é mesmo?
    Amei esse post!
    Tem post novo lá no blog!
    Beijão
    endless-poem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. olá, estou bem
    obrigado pela visita, bem não tive tempo pra ter algo a dizer sobre ele, por estar presente só no primeiro livro, mas por tudo quem dizem não entra nos meus favoritos, hehe

    ResponderExcluir

Twitter

Google+

Estou Lendo