Olá pessoal, hoje a coluna Li Até a Página 100 e... é dupla, já que estou em duas leituras.
Primeiramente quero pedir desculpas publicamente para o M.K que me enviou seu livro (Demônios da Noite) e que estou demorando eras para dar um retorno, mas é que a agenda de livros programados por algum motivo está grande, então estou lendo ele em passo de tartaruga, mas sim estou lendo.
Muito provavelmente eu ainda vou demorar para concluir a leitura dele, pois sempre surge imprevistos e agora surgiu mais dois; pra quem me conhece sabe que eu estudo inglês e italiano e minhas professoras resolveram me dar um livro de cada matéria para ler e fazer trabalho, enfim isso vai tomar um tempo, mas de qualquer forma hoje vou relatar minha experiência com esses dois livros...


Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban


Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
 As aulas estão de volta a Hogwarts e Harry Potter não vê a hora de embarcar no Expresso a vapor que o levará de volta à escola de bruxaria. Mais uma vez suas férias na rua dos Alfeneiros, 4, foi triste e solitária. Tio Válter Dursley estava especialmente irritado com ele, porque seu amigo Rony Weasley tinha lhe telefonado. E ele não aceitava qualquer ligação de Harry com o mundo dos mágicos dentro de sua casa. A situação piorou ainda mais com a chegada de tia Guida, irmã de Válter. Harry já estava acostumado a ser humilhado pelos Dursley, mas quando tia Guida passou a ofender os pais de Harry, mortos pelo bruxo Voldemort, ele não agüentou e transformou-a num imenso balão. Irritado, fugiu da casa dos tios, indo se abrigar no Beco Diagonal. Lá ele reencontra Rony e Hermione, seus melhores amigos em Hogwarts e, para sua surpresa, é procurado pelo próprio Ministro da Magia. Sem que Harry saiba, o ministro está preocupado com o garoto, pois fugiu da prisão de Azkaban o perigoso bruxo Sirius Black, que teria assassinado treze pessoas com um único feitiço e traído os pais de Harry, entregando-os a Voldemort. Sob forte escolta, o garoto é levado para Hogwarts. Na escola as dificuldades são as de sempre: Severo Snape, o professor de Poções, o trata cada vez pior, enquanto ele tem de se esforçar nos treinos de quadribol, e levar Grifinória à vitória do campeonato. Para piorar a situação, os terríveis guardas de Azkaban, conhecidos por dementadores, estão de guarda nos portões da escola, caso Sirius Black tente algo contra Harry. Por fim, Harry tem de enfrentar seu inimigo para salvar Rony e obrigado a escolher entre matar ou não aquele que traiu seus pais. Com muita ação, humor e magia, Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban traz de volta o gigante atrapalhado Rúbeo Hagrid, o sábio diretor Alvo Dumbledore, a exigente professora de transformação Minerva MacGonagall e o novo mestre Lupin, que guarda grandes surpresas para Harry.


Então pessoal, terceiro livro da Série HP e terceiro que leio esse ano, até eu estou surpresa rs.
Eu como os outros dois estou gostando muito, ainda não posso fazer uma comparação com o filme porque foi o que menos vi ou então o que menos lembro, mas claro que não tem como não gostar, cada dia mais se torna uma das minhas séries favoritas, por tudo, mundo mágico, inteligência, amizade, é tudo muito belo e o que me chama mais atenção é o talento da autora, ela é em tudo detalhista, pensou em tudo desde o começo até o fim para escrever cada livro, detalhe por detalhe muito bem colocado, ela deve ser orgulhosa de ter criado esse mundo e proporcionado isso a muitas pessoas.


Demônios da Noite


Demônios da Noite
 O Morro do Tubarão no Rio de Janeiro tem um novo traficante: Hashid. Conhecido como o demônio persa, este vampiro atravessa séculos de histórias e confrontos. E Gengis Khan, um importante rival desse passado conturbado, suspeita da presença dele na cidade maravilhosa e arquiteta um plano para destruí-lo. O número de mortes misteriosas aumenta, e atrai a atenção da polícia carioca, que acaba se envolvendo nesta trama de tráfico de drogas, e fabricação de armas e artigos bélicos. O confronto entre estes antigos inimigos incita o caos, o que pode tornar quase impossível manter em sigilo a existência de vampiros, até então preservada. A caçada parece não ter fim, e uma grande destruição pode estar a caminho.




Esse livro eu recebi diretamente do autor, isso me deixou muito feliz, claro.
Comecei a ler, e pra mim está sendo uma leitura diferente, porque é uma combinação totalmente diferente na qual o autor apostou, usando o cenário brasileiro e vampiros. Ainda não tenho muito o que dizer sobre o livro, porque só as primeiras capas ainda foram pouco para mim, mas estou achando ele um livro curioso.
Gostei demais dessa capa, sério, ela é super simples, mas bem linda e bem feita e o livro é de um modelo que super conserva, já levei ele pra vários cantos e ele ta super novo. Legal né?

Então pessoal, essas são minhas leituras atuais do momento, ou pelo menos as que estão mais continuas.
Gostaram? Me digam.


Não esqueçam de curtir a Página do blog no Facebook: https://www.facebook.com/universosempaginas


3 Comentários

  1. Harry Potter é uma das melhores séries... <3 Eu tenho um pequeno vicio por todo esse mundo mágico. '-'
    Não conhecia esse livro Demônios da noite, e realmente a capa é bem simples, mas linda. *-*

    Beijos
    http://www.garotaeseuslivros.com/
    https://www.youtube.com/user/anacrisinah <3

    ResponderExcluir
  2. Faz um tempo que não leio dois livros ao mesmo tempo. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban é perfeito. Nem preciso dizer que é meu livro preferido da série?

    Até mais

    ResponderExcluir
  3. Sim Ana, amei a capa!!!

    Ah Naty estou amando como sempre rs

    ResponderExcluir