Oi galerinha, 

Hoje vamos dar sequência ao especial de Dia das Mães desse mês de Maio.



A 2° mamãe da ficção que eu escolhi talvez nem todos conheçam, mas ela faz parte do filme Uma Prova de Amor, que é um dos meus "filmes para chorar" favoritos rs.

Durante uma parte do Filme eu senti uma espécie de raivinha da Sara, mas acredito que qualquer um que  tenha assistido o filme vá entender, porém eu também entendi boa parte do porque da Sara agir assim, e a resposta é simples, não é nada fácil a situação dela.

Sara é mãe de 3 filhos, sendo que Jesse tem um problema comportamental, que agora não lembro de fato o que é, mas que foi um pouco deixado de lado, pois Sara passou dedicar toda sua vida a filha do meio Kate, que descobriram estar com leucemia desde criança e por fim Sara é também a mãe de Anna, um bebê com genes alterados, Anna nasceu para doar células a irmã doente e durante 13 anos da sua vida foi submetida a exames médicos todos em função da irmã.



A nossa mamãe teve  que lidar com a depressão de Kate durante alguns estágios da doença e foi tão guerreira  a ponto de raspar a cabeça como uma forma de incentivo para sair junto com a filha pelas ruas.





Um dia Sara se depara com a decisão da filha mais nova de não ajudar mais a irmã, isso deixa a mãe revoltada, pois ela sabe das consequências  e ela não está pronta pra deixar Kate partir.



A decisão da pequena Anna é tão seria que é levada ao tribunal, e é nesse dia que Sara descobre por seu filho mais velho que na verdade essa foi a decisão da própria Kate, o que mostrava o amor e a união das irmãs, e quão ambas foram guerreiras para tomar tal decisão.

Mas com tudo isso Sara pode  perceber que se esquecera de seus outros dois filhos e do próprio casamento em função de Kate.





Na minha opinião ela foi uma mãe e tanto, sofrida, mas determinada e guerreira e por isso me chama muito  a atenção.

Ah  e eu com certeza super recomendo esse filme, ele é lindo e mostra uma forma diferente de amor e também a realidade de como é sofrido uma família que enfrenta essa doença... Ah  e o filme conta com uma linda trilha sonora.

Na Vida Real


Cameron DiazNeta de um imigrante cubano, por parte de pai, Cameron começou como modelo aos 16 anos, na Agência Elite. Numa viagem ao Japão encontrou o director de vídeos Carlo de La Torre, com quem passou a viver quando regressou aos Estados Unidos. Viajou pelo mundo 5 anos graças ao trabalho prestado às maiores agências de moda.
Aos 21 anos, Cameron fez teste para o filme The Mask, protagonizado por Jim Carrey. Mesmo sem ter experiência anterior como actriz, conseguiu o principal papel feminino. Em seguida, passou a frequentar um curso de arte dramática. Nos três anos seguintes trabalhou em produções independentes, de baixo orçamento, inéditos no Brasil.
A sua volta a filmes de sucesso foi em O casamento de meu melhor amigo, Quem vai ficar com Mary? e principalmente Quero ser John Malkovich, que lhe valeu uma nomeação para o Globo de Ouro de melhor actriz secundária.
Cameron foi um dos Charlie's Angels nas duas produções adaptadas da série televisiva para o cinema e emprestou a sua voz para um dos personagens femininos de Shrek e sua sequência. Devido à sua participação em As Panteras, foi a segunda atriz a ganhar um cachê de 20 milhões de dólares por um único filme (a primeira foi Julia Roberts).
Em 2006 namorava o actor e cantor Justin Timberlake, com quem contracenou nas telas em 2007 em Shrek Terceiro. O ex-casal teve grandes problemas com os paparazzi. Um deles foi processado por Cameron e no início de 2006 foi condenado a quase quatro anos de prisão por publicar imagens da actriz de topless.
Nas eleições presidenciais americanas, Cameron posicionou-se claramente contra a candidatura de George Bush, ostentando em lugares públicos uma camisola com afirmações de duplo sentido: "I won't vote for a son of a Bush!".
Em uma ocasião, declarou à imprensa ser assumidamente infiel.


Gostaram? Deixe seu comentário ai embaixo dizendo se você concorda que ela é uma super mamãe e se vocês já viram esse filme.


                                                              XOXO!


3 Comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você! Ela é uma mãezona! E que mãe não faria de tudo pra não perder um filho? Também senti uma raivinha dela, mas mãe é mãe, né miga? E é isso que faz elas especiais e guerreiras, pq nunca desiste de um filho! Adorei <3

    ResponderExcluir
  3. Sim Ju, super concordo, ela é uma mamãe que me emocionou demais <3

    ResponderExcluir