Desafio Literário 2014: #Item 15: Um Livro Com Adaptação Para Cinema Esse Ano - A CULPA É DAS ESTRELAS por Naty

10.7.14

Olá, super mega hiper atrasado eu trago pra vocês a resenha da Naty do blog Naty in Wonderland. Ela escolheu o mesmo livro que eu pra responder o item n° 15 do Desafio Literário 2014, então vamos lá:


  
Realmente, colocar a culpa nos outros é fácil. Difícil é admitir a culpa. Não, não foi culpa das estrelas que o livro vendeu tão bem quanto água - ou até mais, a culpa foi inteiramente do idealizador do livro, John Green. Não é a toa que o considero como um novo Nicholas Sparks com a diferença básica (comprovada até a leitura deste livro) de seus finais serem surpreendente ao invés de imprevisíveis.

Hazel é uma paciente terminal. Ainda que por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante - o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos -, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico.Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto que cerdo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno ínfimo das páginas em branco de suas vidas.
A Culpa é das Estrelas - John Green - 224 páginas - Intrínseca 




O livro não é somente mais uma historinha para boi dormir é, acima de tudo um livro dentro do gênero Slice Of Life e bastante ambicioso ao mesmo tempo que inspira de maneira brutal sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar. Tudo protagonizado por seres inexperientes que são dois adolescentes.

A história toda é narrada em primeira pessoa pela nossa paciente terminal Hazel. Sua abordagem ao mesmo tempo que consegue ser simples também consegue ser intensa. Cada capítulo é mais um na sua curta vida e seu sofrimento (tanto o sentimental como carnal) é totalmente humano e posto a prova que é impossível não se arrepiar com as situações e momentos vividos.

John Green conseguiu alcançar um patamar diferente ao lidar com uma doença tão real e fatal na época em que vivemos. Hoje, há mais câncer do que antigamente, principalmente em países emergentes, embora haja mais modernização em seu tratamento é uma doença que faz ambos os lados sofrerem. Surpreendente é que ele não é o inimigo da história.

- Nem o câncer é um bandido de verdade: o câncer só quer viver". p. 223

A trama do livro é quase toda (senão inteiramente) desenvolvida em cima de uma obra fictícia, Uma Aflição Imperial (UAI para os íntimos) escrito pelo fictício personagem Peter Van Houten, que olhem só: é sobre uma menina diagnosticada com um tipo raro de leucemia, uma pessoa "efeito colateral", assim como A Culpa é das Estrelas é sobre o amor verdadeiro entre duas pessoas com câncer.

Crianças com câncer são, no fundo, efeitos colaterais da mutação incessante que tornou a diversidade da vida na face da Terra possível." p.51

Além da garota com câncer e o amor verdadeiro, o livro também nos apresenta algumas verdades do mundo. E talvez a maior verdade de todas. Câncer é algo real, e Hezel Grace tornou-se a prova viva disso, já que ela foi inspirada em outra pessoa: Esther Earl. A história de Esther Earl, contudo é contada no livro A Estrela que nunca vai se apagar, uma autobiografia contada através de cartas, contos, anotações de seus pais e um prefácio escrito por John Green da Hezel Grace da vida real.

[...] fiquei pensando que existiam dois tipos de adultos: os Peter Van Houtens - criaturas desprezíveis que varriam à Terra à procura de algo a que magoar, e as pessoas como meus pais, que andavam de um lado para outro como zumbis [...]" p. 261

Ainda para este ano, é aguardado o filme baseado diretamente no livro. O filme estreará nos cinemas americanos dia 06 de junho e por aqui, a data oficial é dia 05 de junho. O autor, John Green já viu a versão quase completa do filme e declarou ao site USA Today o que achou: "Eu adorei. É uma adaptação maravilhosamente fiel". Então, antes de assistir já sabe o que ler né?

A Culpa é das Estrelas é o que chamamos de uma leitura agradável com uma grande dose de melancolia. Então, antes de lê-lo, não esqueça da caixa de lenços ok? 

Ok.


You Might Also Like

0 comentários

Twitter

Google+

Estou Lendo